Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Falta de água gerou discussão na Câmara

Publicado em 03/06/2020 às 18:31 - Atualizado em 03/06/2020 às 18:31

Discussão movimentou a Palavra Livre Baixar Imagem

As reclamações de falta de água nas comunidades de Serrinha e Queimados, gerou uma longa discussão, durante a Palavra Livre, na sessão desta semana. Além do presidente Tancredo Ronska (PP), também abordaram a questão os vereadores Adolar Bahr e Francisco Kuhnen, do MDB. Os discursos dos parlamentares apelam para que a Prefeitura, realize algum projeto para sanar o problema de falta de água nos bairros citados, ainda mais agora que a população necessita se prevenir contra o coronavírus.

O primeiro a falar sobre o assunto foi o vereador Adolar Bahr. Ele observou que a Câmara vem aprovando nas últimas semanas, diversos projetos de reformas, ampliações, instalação de lixeiras e muitas outras. “O que chama a minha atenção é que nosso município ainda é carente em algumas comunidades, com a falta de água. Vários vereadores já debateram isso aqui na Câmara. Em Serrinha, os moradores estão tendo que puxar água em galões e, hoje com a pandemia, como as pessoas vão se cuidar se nem água para lavar as mãos elas têm. Quero pedir que a Câmara leve essa questão adiante”, disse.

Já o vereador Francisco Kuhnen, o Chico, também abordou a questão elencando que a situação precisa ser resolvida. “Hoje mesmo, cinco minutos antes da sessão, recebi um áudio de uma pessoa desesperada reclamando de falta de água na Serrinha. Em Queimados vi vídeos de pessoas chorando. Temos que ter consciência que água é vida, e ver o porque as obras de ampliação na rede ainda não ocorreram nessas comunidades. Peço encarecidamente que a Prefeitura veja isso porque nossa população não pode passar cede”, salientou.

Por fim, o presidente Tancredo Ronska lembrou que nos últimos anos, ele apresentou em conjunto com demais parlamentares uma indicação solicitando que o Executivo providenciasse a ampliação da rede em Serrinha. “Também fui procurado por moradores da Serrinha, devido a estiagem muitas residências estão sem água. Já solicitamos essa melhoria mas, até agora, o Executivo não fez nada e não tivemos nenhum resultado. Queria pedir prioridade a prefeitura porque água potável é essencial é necessidade básica de sobrevivência. Falamos tanto em cuidados nessas épocas de pandemia, mas como as pessoas vão se cuidar se nem água elas têm”, comentou Tancredo.