Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Vereadores da região se reuniram para oficializar pedidos ao Governo do Estado

Publicado em 21/03/2019 às 18:03 - Atualizado em 21/03/2019 às 18:06

Presidente Tancredo Ronska durante seu pronunciamento Baixar Imagem

Os vereadores de Campo Alegre, estiveram reunidos com a vereança de São Bento e Rio Negrinho, em um encontro regional das Câmaras de Vereadores, ocorrida na noite desta quarta-feira, na sede do Poder Legislativo rio-negrinhense. A iniciativa teve como objetivo a elaboração de um documento conjunto, assinado por vereadores e prefeitos das três cidades, com as solicitações da região. A lista será enviada ao governador Carlos Moisés (PSL) pelo presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), Julio Garcia (PSD).

Boa parte dos pedidos feitos pelos políticos da região envolve melhorias e construção de trevos na rodovia SC-418, especialmente obras emergenciais no trecho da Serra Dona Francisca. Também estão na lista a construção da Penitenciária Industrial, aumento de efetivos para polícias Militar e Civil e para o Corpo de Bombeiros. O presidente da Câmara de Rio Negrinho, Willian Righetto (PSD), o Billy, que organizou o evento, lembrou que aproximadamente 140 mil habitantes da região estiveram representados no encontro. Billy ainda citou que o presidente da Alesc, o deputado estadual Júlio Garcia, ao ser informado sobre o encontro, parabenizou a iniciativa. "Ele gostou da ideia. Também vamos tentar uma audiência com o governador Carlos Moisés”, disse Billy.

No evento, os vereadores puderam se inscrever para usar a tribuna da Casa de Leis, para falarem das reivindicações de cada cidade. O presidente da Câmara de Campo Alegre, Tancredo Ronska (PP), falou sobre temas envolvendo a agricultura e o turismo citando que em conversa com alguns secretários, pôde-se constatar carências como a sinalização turística do Circuito das Araucárias para caminhantes, além da divulgação do Destinos do Quiriri, apoio e a sinalização turística do programa Acolhida na Colônia. “Também pedimos a renovação do programa Juro Zero para financiamentos agrícolas. Outro ponto é o incentivo para os escritórios municipais do Epagri. É importante ainda a sinalização alertando o tráfego de máquinas agrícolas na rodovia SC-418, e também na SC-410, que liga Campo Alegre a Bateias de Baixo”, comentou.

O vereador Raul Johanson (DEM), de Campo Alegre, falou sobre a falta de investimentos ao longo da rodovia SC-418, lembrando que quase que semanalmente acidentes estão ocorrendo no trevo de acesso a Bateias de Baixo. “Já enviamos apelos, moções, ofícios, tivemos reuniões e a situação continua. Até o momento, nada foi solucionado, sequer tivemos uma medida paliativa nos pontos mais complicados”, lamentou.

O prefeito Rubens Blaszkowski, que também fez uso da palavra, lembrou que Campo Alegre é a porta de entrada da região do Planalto Norte Catarinense, onde existe muitas deficiências que infelizmente não são atendidas pelo Governo do Estado. “Temos deficiências no trevo de acesso a Bateias de Baixo, em nosso trevo principal e também em nosso acesso ao distrito industrial. Por isso, digo que este evento foi muito bem pensado pelo vereador Billy. Já passa de uma centena as reivindicações, acredito que devemos citar tudo isso e dar algumas prioridades para que o Governo do Estado venhas nos atender em algumas dessas dificuldades”, argumentou.

 

As reinvidicações

Segurança 

- Instalação de 5 (cinco) pontos de OCR´s, tecnologia para leitura de placas veiculares e emissão de alertas, seja de furtos, roubo ou outras demandas;

- Entrega de presos em Rio Negrinho todos os dias – Atualmente a entrega de presos em dias úteis após as 19h até 12h do dia subsequente, finais de semana e feriados é realizado em São Bento do Sul. Há casos em que a viatura permaneceu fora do município por mais de quatro horas. Somente em 2019, o tempo gasto com estes deslocamentos já somam 124 horas, o que significa cinco dias onde a viatura policial militar esteve em deslocamento;

- Local adequado para o recebimento dos apenados com sentença definitiva em regime fechado e semiaberto. Rio Negrinho encontra dificuldades em encaminhar os presos ao sistema prisional da região porque a situação carcerária está acima do limite, não havendo vagas nas unidades prisionais da região.

- Ampliação do Projeto Bem-te-vi para o uso de mais 9 (nove) câmeras de videomonitoramento;

- Ampliação do efetivo Policial Militar em mais 15 policiais militares para reforçar o policiamento na cidade que possui grande extensão territorial e faz divisa com diversas cidades de SC e PR;

- Falta de efetivo para o Corpo de Bombeiros de Rio Negrinho;

- Defesa Civil (equipamentos como barco, coletes...)

 

Educação

- Reforma de todo o telhado da EEB Marta Tavares – A mais antiga escola de Rio possui inúmeras infiltrações e está com a estrutura e forro danificados;

- Troca do piso do ginásio de esportes da EEB Marta Tavares, que por ser de madeira está apodrecido e soltando partes;

- Refazer o muro frontal da EEB Marta Tavares, caso mais urgente da unidade escolar. O muro caiu devido às chuvas de final de ano e oferece risco aos transeuntes;

- Escola de Ensino Médio Manuel da Nóbrega existe há 49 anos e atualmente encontra dificuldades com relação à parte da estrutura física. Necessita a construção de passarela coberta entre duas alas; construção de refeitório e construção de um auditório;

- Laboratório de informática nas escolas estaduais. Máquinas ultrapassadas e faltam profissionais qualificados para a área;

- Escola Luiz Bernardo Olsen no Distrito de Volta Grande - Com as tempestades do mês de janeiro, o telhado do ginásio de esportes teve grandes estragos. No momento está interditado e os alunos não estão podendo usá-lo, causando assim, muitos transtornos nas aulas de educação física;

- Escola Luiz Bernardo Olsen - construção de um abrigo em frente à escola, para, em dias chuvosos, os alunos tenham onde se proteger enquanto aguardam o transporte.

 

Saúde

- Atrasos constantes nos repasses de recursos via Fundo Estadual de Saúde;

- Revisão na PPI – Programação Pactuada e Integrada para procedimentos realizados através do Sistema Único de Saúde. Com a exclusão de grande parte da PPI realizada no município de Joinville, ocorreu o aumento de encaminhamentos para a região de Florianópolis, aumentando a distância, gastos e transtornos para os pacientes;

- Os serviços de oncologia transferidos de Jaraguá do Sul para São Bento do Sul passaram a ser falhos, principalmente quando se faz necessário o encaminhamento para outras especialidades, torácica, cabeça e pescoço, hematologia entre outras, que acabam sendo direcionados via Sistema de Regulação, sem que haja priorização por situação oncológica, levando os pacientes a uma fila de espera imprevisível.

 

Desenvolvimento Econômico

- Apoio e incentivo para atrair novas empresas para o município;

 

Turismo

Em contato com o Consórcio Intermunicipal Quiriri, que abrange os três municípios, as demandas do Turismo Regional, são:

- Sinalização Turística e Interpretativa do Circuito das Araucárias de Cicloturismo;

 - Sinalização Turística e Interpretativa do Circuito das Araucárias de Caminhantes (nova modalidade que está se inserindo no Circuito;

 - Sinalização Turística e Interpretativa do Programa Acolhida na Colônia (sinalização fora das propriedades;

 - Material de divulgação “Região Destinos do Quiriri” (folders, mapas, sacolas) 

 - Restauração das Estações Ferroviárias no Trecho da Maria Fumaça 

 - Criação de Marca Turística para RN e SBS. Campo Alegre já possui a sua marca;

 - Apoio para a realização do Festival das 4 estações (Corupá Verão, Rio Negrinho Primavera, São Bento do Sul Outono e Campo Alegre Inverno).

 

Infraestrutura

- Sinalização da SC-112;

- Manutenção do trecho de estrada não pavimentada que lida até a localidade de Serro Azul;

- Apoio ao aeródromo de Rio Negrinho;

- Serra Dona Francisca;

 

As cidades participantes:

São Bento do Sul

Localizada a 250 quilômetros da capital Florianópolis, São Bento do Sul possui, de acordo com o Censo do IBGE de 2018, população estimada em 83.576 habitantes.

A economia da cidade é essencialmente conduzida por empresas de grande porte com destaque para os setores metalúrgico, cerâmico, têxtil, de escovas e de móveis. As exportações do município em 2010 foram de aproximadamente US$ 140 milhões, cujo destino principal foi o mercado europeu.

Os móveis e produtos relacionados são o principal produto de exportação da cidade, correspondendo no último ano a mais de 80% das exportações são-bentenses.

 

Rio Negrinho 

Com população estimada de 42.106 habitantes, segundo o IBGE, Rio Negrinho desenvolveu-se em torno do ramo moveleiro e madeireiro.

Viu sua economia local se diversificar passando a comportar também empresas que atuam em outros setores como: agricultura, agropecuária, criação de animais, extração mineral, além de grandes reflorestamentos com árvores de pinus e eucalipto.

A BR-280 corta seu perímetro urbano, e dá acesso a SC-418 principal ligação para os Portos de Navegantes (157 quilômetros), Itajaí (164 quilômetros) e São Francisco do Sul (126 quilômetros). Além disso, localiza-se próximo a dois grandes centros urbanos, a 92 Km de Joinville e a 120 Km de Curitiba.

 

Campo Alegre 

Tendo como principais atividades econômicas agricultura, extrativismo mineral e vegetal, indústria moveleira, pecuária e reflorestamento, Campo Alegre conta atualmente com população estimada de 11.974 pessoas.

Na região há ocorrência de cerca de 23 jazidas de argila, principalmente compostas por caulim, e que abastecem a indústria de cerâmica do Paraná e de Santa Catarina, chegando a ser extraídas cerca de 15.000 toneladas/mês. Entre as indústrias destacam-se as serrarias, além da indústria moveleira. 

A cidade também possui recantos naturais, montanhas e trilhas ecológicas, cenário para a prática de esportes radicais, off-road, montanhismo, cicloturismo, voo livre entre outros.

 

Colaboração: Câmara de Rio Negrinho


Galeria

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar