Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Professora Evilin Ferraz passa a ser a única vereadora de Campo Alegre

Publicado em 06/11/2018 às 14:35 - Atualizado em 06/11/2018 às 14:35

Evilin diz que está empolgada em poder representar a população Baixar Imagem

A terceira suplente de vereadora, Evilin Ferraz (MDB), assumiu uma das cadeiras do Poder Legislativo na sessão desta segunda-feira. Ela, que atua como professora, tem apenas 23 anos. Em 2015, quando tinha 20, ela participou de sua primeira eleição municipal, onde na disputa proporcional (vereadores) alcançou 166 votos. A nova vereadora permanecerá na função até o fim deste mês. A oportunidade de assumir ocorreu mediante solicitação de licença do vereador Adolar Bahr, que voltará ao posto em dezembro e da desistência do primeiro e segundo suplente, Lucia Piske e Ito Kohlbeck. 

Evilin enalteceu que pretende utilizar a experiência de exercer a função de vereadora para apreender ainda mais sobre o serviço público. A vereadora, que é a mais jovem a ocupar o cargo de parlamentar, disse que está tranquila porque irá contar com o apoio e experiência de Adolar Bahr. “Mas dá um friozinho na barriga. É um cargo de muita responsabilidade, muito diferente do que pedir votos. As pessoas agora têm a mim como representante. Mas apesar da responsabilidade, a sensação é boa. Estou gostando muito”, disse.
A nova vereadora é natural de Campo Alegre. Em meio a campanha, no ano 2015, Evilin também se dedicava para concluir as formações em gestão de orientação e supervisão escolar e psicopedagoga em educação especial. Atualmente vem atuando como professora temporária em São Bento. “Lembro que na campanha perdia muitas reuniões por conta dos estudos. Foi bem corrido. No ano passado comecei a trabalhar como professora em São Bento”, contou.

 

Com a palavra
Evelin discursou durante a Palavra Livre, onde optou pelo uso da Tribuna, para agradecer a todos seus familiares que lhe apoiaram na conquista da suplência da Câmara. “Quero agradecer a confiança de todos que me ajudaram. Hoje aqui tenho a oportunidade de estar representando a população nesse período. Conto com a ajuda dos vereadores para juntos trabalharmos sempre pela minoria e pelo o bem de todos”, disse a vereadora.
Durante seu pronunciamento, Evelin fez questão de deixar seus votos de respeito e condolências aos familiares do ex-prefeito, Renato Bahr (MDB), que faleceu no último sábado. Foi Renato, inclusive, uma das pessoas que incentivou a agora vereadora, a participar e se envolver na política. “Lamento com grande pesar ao amigo Adolar Bahr, pela perda de seu ente querido (pai) Renato Bahr, o qual admiro muito pela sua honestidade e comprometimento com o município. Assim quero deixar aqui o meu respeito e minha honestidade”, discursou.

 

Recepção
Nas últimas semanas, Evilin já vinha participando de algumas reuniões das comissões da Câmara, que ocorrem sempre nas segundas-feiras, antes das sessões. Os parlamentares Chico Kuhnen (MDB), Nilson Fuckner (PP), Fernando Wotroba (PP), Raul Johanson (DEM) assim como o presidente da Casa de Leis, Josnei Cchaloupeck (DEM), também se manifestaram a discursaram em apoio da nova vereadora. Eles falaram da importância do plenário contar com a presença e representatividade feminina. “Seja bem-vinda a esta Casa de Leis, use a força feminina que você tem hoje. A presença feminina aqui nesta Casa faz uma grande falta, use esse atributo a seu favor. É pouco tempo, mas tenho certeza que vai ser de bem proveito”, disse Kuhnen.

Foto
Evilin (Tribuna ou sorrindo)


Galeria

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar